o que deve saber para visitar a ilha de uros

O que deve saber para visitar a ilha de Uros Puno

A famosa ilha de Uros, mais conhecida como “ilhas flutuantes de Uros”, está situada a 6km do porto de Puno e faz parte do surpreendente arquipélago de 40 ilhas de TOTORA. Para visitá-las é necessário ir até Puno, a sudeste do Peru, próximo à Bolívia. Nesta oportunidade compartilharei dicas que precisa saber para que não haja surpresas e você tenha uma agradável experiência.

Ilhas flutuantes

As ilhas flutuantes são uma criação artificial de seus próprios moradores. Elas são entrelaçadas com totoras que abundam nas águas do Lago Titicaca. Os Uros ou Urus são uma etnia anterior aos incas e diz a lenda que habitaram o interior do lago refugiados em suas embarcações de totora para escapar de guerras étnicas. Com o tempo, para permanecerem juntos, foram unindo os botes e assim começaram a criar as ilhas para poderem ter um espaço seguro para viver.

Na verdade, as ilhas flutuantes de Uros não são ilhas, não são flutuantes e não são Uros que as habitam. Trata-se na realidade de construções de totora assentadas no leito do lago cujos moradores são de origem Aimara. O último Uro faleceu em 1950.

Construções de Totora

A totora é tecida habilmente sendo utilizada na confecção de tetos, paredes e portas das casas. Com o mesmo material constroem o principal meio de transporte entre suas ilhas conhecidas como balsas. Os talos da totora também são utilizados e, quando secam, servem como lenha para suas cozinhas. Com o advento do turismo, os moradores começaram a confeccionar belas peças de artesanatos de totora as quais são vendidas para sustentar a economia local. Além disso, são empregadas também como alimento. Retirando a casca resta uma substância branca, fibrosa,utilizada como complemento de suas dietas.

Em uma exposição de ciências e tecnologia em Cusco há vários anos pude ver que alguns alunos fizeram uma torta à base de totora que não estava nada mal.

A população atual possui conhecimento para fazer construções de totora no leito do lago Titicaca, oferecendo opções de turismo rural que permite ao viajante hospedar-se nas ilhas e participar das atividades diárias de seus habitantes.

Share:

Deixe uma resposta