dicas para fazer a trilha inca

8 Dicas para fazer a trilha inca a Machu Picchu

Com mais de 500 anos de história, o Caminho Inca é um caminho ancestral que os incas utilizavam para se comunicar por todo seu império. O Caminho Inca é extenso e não se conserva em sua totalidade, porém hoje em dia é possível percorrer 42km dele antes de chegar à cidadela de Machu Picchu.

O Caminho Inca é um dos 5 melhores trekkings do mundo, cujo destino final é Machu Picchu. É necessário saber algumas coisas antes de viajar a Machu Picchu por esta rota.

A seguir tentarei transmitir 8 dicas para você realizar o Caminho Inca a Machu Picchu e desfrutar desta aventura.

1.- Reservar o trekking com antecedência

O ingresso para o Caminho Inca é limitado e, quando todos os ingressos que o governo disponibiliza são vendidos, não se pode iniciar mais o caminho.Por isso é fundamental planejar a viagem antecipadamente, mas se você viajar na alta temporada, reserve seus ingressos com maior antecedência. Há muitas agências que organizam este trekking. Nós fizemos com www.perutrilhainca.com e só temos elogios a fazer a eles porque nos ajudaram em tudo.

2.- Aclimatação

Devido à localização do Caminho Inca, 4200msnm, recomendamos aclimatar-se à altitude antes de realizar a travessia. Chegar a Cusco e fazer a caminhada no dia seguinte seria expor sua saúde. Melhor prevenir. Por isso recomendamos ficar ao menos dois dias em Cusco antes de realizar o Caminho Inca. Estas medidas são necessárias, pois muitas pessoas passam mal.

3.- Não deixe a subida a Huayna Picchu para a última hora

A entrada em Huayna Picchu é mais limitada do que a do Caminho Inca. Por isso, se você pensa em subir esta montanha, o que recomendo, não deixe para o último momento. Você pode chegar a Machu Picchu e querer subir Huayna Picchu e não poder porque os ingressos acabaram.

4.- Prepare bem sua mochila

Esta dica parece desnecessária, porém é sempre a mais comentada. Lembre-se que você vai estar 4 dias caminhando e são longas jornadas o que acarretará muito cansaço. Não leve nada a mais do que o necessário. Um calçado para a caminhada e chinelos ou crogs para descansar os pés. Leve camisetas para trocar sempre que suar e dois agasalhos. Isto já é suficiente. Além de uma capa de chuva. Levar uma boa mochila é fundamental porque à medida que avançamos a mochila parece mais pesada e se ela for confortável e ergonômica facilita muito as coisas. Use as tiras do peito e cintura para aliviar o peso dos ombros.

5.- Atenção ao calçado

Outra dica que talvez não seja necessária, mas aconteceu durante uma caminhada, foi quando ambas as solas dos sapatos de uma pessoa se soltaram e ele precisou prendê-las com cordas. No Caminho Inca não há nada, portanto se houver algum problema com seus sapatos você estará em apuros. Também não convém levar sapatos que ainda não foram usados, pois só causará bolhas em seus pés. Não é necessário levar botas. Sapatos de trekking são suficientes.

6.- Dose seu esforço físico

O Caminho Inca compreende 42km, por isso recomendamos não andar muito depressa, esgotando-se nos primeiros 10km. Melhor manter um passo constante. O grupo sempre chega completo ao final, com algumas horas de diferença. Cada qual em seu ritmo.

7.- Leve um bastão

Um bastão é um grande aliado de um trekking. Você pode levá-lo ou comprá-lo no local, como preferir. Se você levar bastões metálicos deverá levar protetor para as pontas para que você possa usá-lo neste caminho. É um apoio nas subidas para ajudar com o impulso e um grande aliado nas descidas para evitar escorregões e perdas de equilibrio.

8.- Misture-se e conheça pessoas

Todas as caminhadas no Caminho Inca são realizadas em grupos onde você poderá compartilhar vivências e experiências com pessoas de outros países, assim como com as pessoas da organização e os carregadores. É uma boa ideia para compartilhar refeições juntos, criando uma pequena família o que torna a experiência ainda mais rica.

Share:

Deixe uma resposta